Franz Victor Rúdio:

 

 DIÁLOGO MAIÊUTICO E PSICOTERAPIA EXISTENCIAL

(140 pág.)

 

O livro é um manual de como fazer psicoterapia de acordo com o diálogo proposto por Sócrates e segundo os princípios da filosofia existencial e a fenomenologia

Os escritos do psicólogo Franz Victor Rúdio se localizam na confluência de quatro grandes correntes da pesquisa contemporânea.

De um lado, refletem a tradição humanista que acentua a importância do diálogo como a forma precípua da comunicação e ação humanas - e que encontra em Sócrates - Platão suas maiores figuras iniciais e em Carl Rogers e Martin Buber seus teóricos atuais mais notáveis.

De outro lado, apontam na direção da fenomenologia que enfatiza a importância do fenômeno tal como ele é vivido pela pessoa, postulando que a subjetividade se constitui desde este ponto, mas abrangendo e incluindo o mundo, pois o existente é um ser-no-mundo.

Emerge também da terceira corrente destacada deste século: o existencialismo, embora Rúdio leve em conta as teses gerais desta doutrina, sem comprometer-se com nenhum pensador desta escola. A quarta corrente é mais uma proposta metodológica do que uma doutrina: é a visão holística.

Rúdio lembra em repetidas ocasiões a contribuição de GOLDSTEIN, o grande promotor da holística na neuropsicologia, mas entre nós esta filha da dialética tem encontrado alguns notáveis cultivadores como são Roberto Crema e Pierre Weil

Humanismo, fenomenologia, existencialismo, holística - todas estas correntes confluem para um modelo de psicologia e de ciências humanas conhecido como modelo compreensivo. Porem, o que se destaca neste livro do professor Rúdio é seu domínio dos conceitos e a límpida exposição dos temas. Um texto ideal para quem se propõe conhecer o estilo de compreensão proposto pelo método maiêutico e pela fenomenologia.

logia.

>