FELIPE GALENO:

      O Encanto  do mundo e seus desafios

       Atento leitor, procuro nestas breves reflexões acompanhar  você em sua tentativa de compreender alguns aspectos essenciais de sua vida, especialmente essa que vivemos todos  no cotidiano. No cotidiano nem sempre temos espaço nem tempo para uma compreensão mais fundamentada do acontecer que vai fazendo a trama de nossa vida. Não temos espaço porque no ambiente em que vivemos pouca gente está bem disposta para pensar sobre o que o lhes incumbe, mesmo se os perturba de maneira  constante. Colocar alguns assuntos para muitas pessoas resulta  incômodo ou simplesmente inusitado, incomum. Em consequência nem sempre recebem com agrado algumas observações e reflexões que você possa colocar.
              Todos os temas abordados nestas páginas  se relacionam tanto com assuntos comuns quanto com aspectos menos frequentes na área de nossas preocupações. O modo de enfocar este temas está feito no estilo aforístico, isto é, de maneira breve e sintética, embora em alguns casos me estenda um pouco mais em tópicos que requerem mais atenção. Os temas não seguem uma ordem lógica segundo uma sequência de assuntos entrelaçados. Como são um convite à reflexão você  pode ler os textos  da maneira que desejar. Quase todos tem um estilo provocativo, tentam mexer com os lugares comuns e as ideias mornas que cruzam o emaranhado social. Estes aforismos pretendem chamar sua atenção para muita coisa que permanece escondida pela simples razão de que sua revelação pode alterar as regras do jogo impostas pelos poderes oficiais e pela dormência bastante generalizada da grande massa humana. Neste sentido estimulam seu senso critico, deixando-o atento aos truques usados pelos espertinhos e malandros que circulam em todos os planos da realidade social.
      Também incluo aforismos que nos mostram o lado poético e o encanto entre misterioso e inquietante que oferece o mundo. Uma característica da criação poética é que nos mostra o que a realidade corriqueira tende a ocultar, insinuando ou evidenciando sua presença como uma revelação, mostrando o que permanecia velado.
Veja alguns aforismos dos mais de 200 inc luidos por seu autor:

Clique aqui para ver mais