Max Nolden

Dioses de nosso tempo
235 páginas

O deus Eros não tinha nada de romântico no mundo antigo. Representava a nossa senhora a Natureza que se impõe em nós das mais diferentes formas. Apelava para todos os truques para que os amantes se submetessem a seus caprichos e a sua lei. Em nosso tempo, além do prazer erótico se procura também o Amor, que inclui o afeto e o compromisso, e inclusive o desejo de ser alguém único no mundo do outro, do parceiro. Não é fácil realizar este desejo.

I. EROS ESQUIVO, SUAVE, SENTIMENTAL

    Dias de chuva
    Essas paixões não correspondidas
    Madame Letícia, a vidente
    Amor conjugal
    A espera
    O telefonema
    Tateando o terreno
    Esses amores que as pessoas vivem entre 4 paredes
    É preciso jogar fora os bagulhos e bugigangas
    Segun